Polícia Civil prende principal suspeito de homicídio em São João Batista

Márcio Bastos, o Alemão, estava em uma boate quando foi preso

03/06/2013 14:35 | Andrei Paloschi

A Polícia Civil de São João Batista prendeu preventivamente o suspeito de um assassinato ocorrido no último dia 24 de maio, em São João Batista, em que teve como vítima Neander Luiz Caldeira, vulgo “Mineirinho”. Márcio Bastos, vulgo “Alemão”, 34 anos, estava em uma boate quando foi encontrado pela Polícia Civil local e preso, na quarta-feira, 30 de maio.  

Após denúncias, policiais civis foram até a boate e encontraram “Alemão”, que tentou fugir. Com ele ainda foram apreendidas sete buchas de cocaína e um revólver calibre 38 municiado. Os policiais acreditam que o suspeito teria usado essa arma para matar “Mineirinho”.

“Alemão” tem pelo menos três passagens por tráfico de drogas e, de acordo com a Polícia Civil, comercializava drogas na boate há muito tempo. Ele foi detido sob acusação de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

O delegado Angelo Moreno Cintra Fragelli disse que “Alemão” é o principal suspeito do crime e deve ser condenado diante das provas até então colhidas. Segundo as investigações, o crime foi motivado por dívida de tráfico de drogas.

O crime 

No último dia 24, o corpo de Neander Caldeira foi encontrado morto às margens de uma estrada de terra localizada em São João Batista. Imediatamente, a Polícia Civil iniciou os trabalhos de investigação, orientados pelo fato de que a vítima era conhecido no meio policial por sua ligação com o tráfico de drogas.
 
“Mineirinho”, momentos antes de ser encontrado morto, teria sido coagido com uma arma de fogo por Márcio Bastos a entrar em um veículo. Informações preliminares dão conta de que a vítima estaria vendendo drogas para “Alemão”, e que estaria com uma dívida com o traficante, o que teria motivado o crime.





Comentários
Identifique-se ou cadastre-se para comentar